terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Pão integral com cenoura e sementes



Este pão continua muito macio e saboroso mesmo depois de alguns dias depois de ter sido feito.

·        100 Gramas de cenoura descascada e cortada em rodelas bem finas
·        220 Ml de água para cozinhar a cenoura
·        35 Gramas de manteiga picada
·        75 Gramas da água da cozedura da cenoura
·        200 Ml de leite ligeiramente morno
·        25 Gramas de fermento biológico fresco
·        100 Gramas de sementes (girassol, abóbora, gergelim, chia, etc…)
·        1 Colher de chá de sal
·        250 Gramas de farinha de trigo integral
·        240 Gramas de farinha de trigo, de preferência farinha do tipo 65
·        Óleo de girassol para untar
·        Filme plástico aderente
·        Papel vegetal para forrar um tabuleiro

1.    Colocar a cenoura em uma pequena panela com os 220 ml de água e levar ao fogo para cozinhar (chama baixa) até estar bem macia.
2.   Colocar em um pequeno processador de alimentos a cenoura (já escorrida) com os 75 ml de água da cozedura, processar até formar um puré. Colocar esse puré em uma tigela. Juntar a manteiga e misturar para derreter a manteiga. Acrescentar o leite e o fermento. Misturar até diluir o fermento. Juntar as sementes e o sal. Misturar. A seguir juntar a farinha de trigo integral e misturar com uma colher de pau. Depois ir juntando aos poucos a farinha de trigo T65. Quando não conseguir mais mexer transferir a massa para uma superfície limpa e polvilhada com parte da farinha. Ir sovando e juntando aos poucos o restante da farinha. Amassar por 10 minutos.
3.   Untar uma tigela grande, colocar a massa, cobrir a tigela com filme plástico aderente e deixar repousando dentro do forno (desligado) até a massa dobrar de volume.
4.   Forrar um tabuleiro grande com papel vegetal. Reservar.
5.   Dividir a massa em 4 pedaços, modelar os pães e colocar no tabuleiro. Cobrir com filme plástico aderente, sem apertar a massa. Deixar novamente descansar até dobrar de volume.
6.   Levar para assar em forno médio (já pré-aquecido por 15 minutos), por 30 minutos ou até que batendo no fundo soar oco. Deixar esfriar sobre uma grade.

domingo, 7 de janeiro de 2018

Bolo integral de banana e mel



·        100 Gramas de millet (milho de painço)
·        40 Gramas de aveia em flocos, mais aveia para polvilhar
·        1 Ovo
·        25 Ml de óleo de girassol , mais óleo para untar
·        1 Colher de chá de vinagre branco
·        200 Gramas de banana sem casca
·        100 Gramas de mel
·        1 Colher de chá de fermento em pó
·        1 Colher de chá de bicarbonato de sódio
·        ½ Colher de chá de canela em pó

1.    Ligar o forno em temperatura de moderado a médio.
2.   Colocar os grãos do millet no liquidificador e bater até o millet virar farinha. Retirar para uma tigela. Reservar.
3.   Colocar a aveia no liquidificador e bater até virar farinha. Juntar com o millet. Acrescentar o fermento em pó, o bicarbonato de sódio e a canela. Misturar. Reservar.
4.   Untar com óleo uma forma pequena para bolo inglês, polvilhar com aveia. Reservar.
5.   Colocar no liquidificador o ovo, o óleo, o vinagre, o mel e a banana. Liquidificar. Juntar esse preparado na tigela com os secos. Misturar até estar tudo homogéneo. Colocar na forma.
6.   Levar para assar por 35 minutos ou até que enfiando um palito saia limpo.
7.   Deixar esfriar antes de desenformar para não quebrar pois fica um bolo muito fofo.

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Charuto de bacalhau com couve lombarda



·        300 Gramas de bacalhau demolhado, aferventado, livre de espinhas e peles
·        300 Gramas de tomates sem pele, picado em pequenos cubos
·        100 Gramas de arroz agulha
·        1 Cebola grande picada em pequenos cubos
·        1 Pequeno maço de salsa (com talo) picada
·        Pimenta vermelha fresca à gosto bem picada – usei 3 piripiris
·        Pimenta do reino – de preferência moída na hora
·        50 Gramas de azeitonas pretas sem caroços e picadas as rodelas
·        5 Colheres de sopa de azeite de oliva – sendo 4 para o recheio e uma para colocar no fundo da panela
·        100 Gramas de pimentão (pimento) assado e sem pele, picado em cubos
·        Água que aferventou o bacalhau
·        Água fervente
·        Sal - pouco
·        Folhas de couve lombarda

1.    Lavar as folhas de couve e cortar a parte grossa dos talos com cuidado para não furar.
2.   Ferver água e colocar as folhas, uma de cada vez, na água apenas para murchar. Reservar.
3.   Colocar em uma tigela todos os ingredientes do recheio (bacalhau, 4 colheres de sopa de azeite, tomate, arroz, cebola, pimenta vermelha, pimenta do reino, pitadas de sal, pimentão, azeitonas, salsa). Misturar.
4.   Colocar a colher de azeite restante em uma panela grande e a seguir colocar uma porção do recheio no início da folha, enrolar formando um charuto. Repetir o processo até terminar o recheio.
5.   Cobrir tudo com a água da cozedura do bacalhau e mais água fervente até cobrir os charutos. Temperar com pitada de sal e pimenta do reino. Colocar um peso sobre os charutos para não abrirem. Levar a cozinhar por cerca de 20 minutos. Até o arroz estar cozido.
6.   Servir.
7.   Para ver como enrolar charuto podes ver essa minha outra receita:charuto de folha de couve

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Pão de queijo cheddar e iogurte grego



·        125 Gramas de polvilho doce
·        125 Gramas de polvilho azedo
·        ¼ Colher de chá de sal
·        100 Gramas de queijo cheddar ralado
·        200 Gramas de iogurte grego ligeiramente morno

1.    Forrar um tabuleiro grande com papel manteiga. Reservar.
2.   Colocar em uma tigela os polvilhos e o sal. Misturar. Juntar o queijo e o iogurte e amassar até obter uma massa lisa e homogénea
3.   Fazer bolinhas com 15 gramas cada e colocar no tabuleiro.
4.   Levar para assar em forno sem pré-aquecer, assim cozinha antes de assar e então fica bem cozido por dentro e ligeiramente crocante por fora.
5.   O forno deve estar de modo moderado e o ponto certo para retirar do forno é quando estiver ligeiramente alourado e ligeiramente crocante por fora.
6.   Rende 34 pães.
7.   Servido quente é muito mais gostoso.
8.   Pode ser aquecido no forno e ficará parecendo assado na hora.